mudanças – Senior Noroeste Paulista

 

BLOG / NOTÍCIAS > Tag: mudanças

 

Mundo vuca: o que é e como impacta um ambiente corporativo!


O mundo vuca é um daqueles conhecimentos que talvez você nunca tenha ouvido falar, mas que é essencial para a produtividade e a performance empresarial.

Em um mundo volátil e carregado de incertezas, como o que vemos hoje, cada vez mais é necessário aprimorar o olhar gerencial e evoluir estratégias de negócios.

Neste post, você entenderá melhor o conceito e os seus impactos em um ambiente de trabalho. Além disso, saberá o porquê dele ser tão importante para os gestores. Confira!

 

O que é o mundo VUCA?

VUCA é uma sigla formada pelas palavras Volatility (Volatilidade), Uncertainty (Incerteza), Complexity (Complexidade) e Ambiguity (Ambiguidade).

 

Quando nasceu o conceito de mundo vuca?

O termo surgiu após a Guerra Fria, na década de 90, com o cenário mundial de incerteza. Nesse momento, o mundo viveu situações inesperadas e repentinas que impactaram em organizações e sociedades inteiras.

O conceito nasceu para explicar o contexto pós-guerra na visão do U.S. Army War College, instituição militar norte-americana e a abordagem militar invariavelmente acaba impactando o universo de negócios.

De certa forma, o cenário representou uma experiência de aprendizagem por conta da necessidade de adaptação rápida aos desafios que surgiam e dificultavam a sobrevivência das organizações. Nesse ponto, para subsistir, algumas práticas foram adotadas inconscientemente como:

  • ter uma conduta mais proativa;
  • aplicar respostas mais rápidas;
  • exercitar a resiliência;
  • ser mais flexível; dentre outras.

 

Quais os principais pilares da ideia de mundo vuca?

Todo o contexto que foi vivido nessa época é muito similar ao que vivemos hoje. Por conta disso, muitos acreditam que estamos vivendo em um cenário de mundo vuca.

Entenda agora, palavra por palavra, como esse conceito se formou e a importante construção de raciocínio para os gestores a partir dessas quatro palavras:

Volatility (Volatilidade)

A volatilidade está ligada principalmente às mudanças ocorridas naquele momento, exatamente como ocorre atualmente por conta da tecnologia e inovação.

Em alguns casos, as mudanças são esperadas, em outros não. Nesse ponto, o gestor precisa estar preparado para lidar com imprevistos e aplicar respostas mais ágeis.

Um exemplo interessante de volatilidade no cenário atual refere-se às transformações ocorridas no comportamento do consumidor. Por estar muito mais digital, é totalmente ineficaz considerar a conduta de pessoas que visitavam lojas pessoalmente.

Uncertainty (Incerteza)

Refere-se a imprevisibilidade de resultados e impactos. Todo gestor sabe que esse é um dos problemas mais difíceis de se lidar. As dúvidas prejudicam planejamentos estratégicos e dificultam decisões.

Identificar tendências é uma saída inteligente para diminuir as incertezas, entretanto, cabe principalmente ao gestor, estar preparado para desafios repentinos e necessidades de ajustes em programas inteiros.

Veremos à frente, que essa incerteza impacta em planejamentos de longo prazo, já que é muito mais complexo prever o que ocorrerá após 2 anos ou mais por conta de toda imprevisibilidade de acontecimentos no planeta.

Complexity (Complexidade)

A complexidade refere-se ao conjunto de variáveis a se analisar e a necessidade de integração entre elas. Além do desafio da velocidade da transformação, o gestor precisa enfrentar a dificuldade da decisão.

Situações simples logicamente são mais viáveis para se lidar, no entanto, a maioria dos casos empresariais impõe desafios complexos aos gestores de negócios.

Esse exercício também é fundamental para aprimorar a visão gerencial. Com tanta tecnologia e inovação surgindo a partir da transformação digital, o gestor precisa desenvolver diversas habilidades e aplicá-las de forma precisa e integrada.

Ambiguity (Ambiguidade)

Já a ambiguidade refere-se a um fenômeno que envolve diversas variáveis, inclusive as três anteriores: volatilidade, incerteza e complexidade. Nesse ambiente, podemos encontrar interpretações diversas sobre a realidade e melhores práticas de adoção.

Ou seja, é um fator que reflete principalmente a dificuldade de interpretação e compreensão do mundo. Se há um grande número de variáveis por um lado, por outro, não se sabe se as práticas podem gerar efeitos positivos, já que tudo pode ser completamente novo.

Por isso, a atenção diante dos desafios deve ser redobrada para identificar o status real de um problema e viabilizar as melhores práticas de resposta para o negócio.

 

Por que esse conceito é fundamental para gestores?

É impossível que um gestor atual não acumule esses conhecimentos. Por conta de toda a incerteza que a guerra fria gerou naquela época e que a transformação digital gera hoje em dia, é preciso estar em constante reformulação para vencer os desafios. Veja agora aplicações totalmente interligadas com o conceito de mundo vuca.

Aplicação de metodologias ágeis

A necessidade de respostas rápidas impulsionou os negócios a criarem métodos de aceleração de processos como as metodologias ágeis. Algumas das mais conhecidas são:

  • Lean;
  • Kanban;
  • Scrum;
  • Safe;
  • Smart.

Essas metodologias estão cada vez mais presentes no cenário de transformação digital que vivemos atualmente. É preciso não só estar pronto para mudar, mas mudar o mais rápido possível para não perder novas oportunidades.

Até duas ou três décadas atrás, passávamos por transformações que duravam até anos. Hoje, é possível que um país ou mesmo um mundo inteiro se transforme em poucos dias por conta de tecnologia e inovação.

Visão voltada à identificação de oportunidades

Se antes, o cenário estável fazia com que gestores fossem mais “condutores” e “controladores”, hoje é preciso estar mais antenado às mudanças. Muitas vezes, por conta de uma nova tecnologia, surge rapidamente um novo nicho com ótimas oportunidades.

Se o cenário de volatilidade de um mundo vuca pode trazer sérias dificuldades a algumas organizações, outras ganham oportunidades mais claras de evolução e aumento de oportunidades.

Ainda dentro desse raciocínio, o gestor amplia o seu senso de atenção quando considera o conhecimento das bases do mundo vuca por conta do cenário de incerteza.

Necessidade de gestão orientada a dados

No mundo vuca, vivemos os impactos da guerra fria nos negócios. Hoje vivemos os resultados da crescente implementação da transformação digital no mundo.

Com o uso massivo de smartphones, o acesso global à internet e, recentemente, os impactos da pandemia de COVID-19, o usuário está muito mais conectado e gerando uma quantidade absurda de dados. Cabe ao gestor muito mais:

  • acompanhar tendências;
  • basear decisões em estatísticas e relatórios descritivos;
  • aplicar análises preditivas para orientar ações futuras; dentre outras práticas.

O diferencial competitivo está em saber lidar com esses dados que estão em altíssima escala e complexidade, com alta volatilidade, dentre outras características muito próximas ao conceito de mundo vuca.

Aumento de resiliência

Outra característica essencial para o gestor é aprender a ser resiliente, o que tem muito a ver com a capacidade de resistir a mudanças, se adaptar à realidade e superar situações adversas.

Muitas vezes, mesmo com planejamentos bem feitos e gestão responsável, é possível que o líder enfrente consequências por conta de efeitos externos. Nesse ponto, é fundamental absorver rapidamente a adversidade e encontrar saídas para continuar com o negócio.

Por conta das características de resistência, a resiliência é uma das principais recomendações para vencer cenários de volatilidade, como no caso do mundo vuca.

Diminuição de riscos

Em um cenário de incertezas, o gestor deve evitar muito mais as atitudes arriscadas. Não se sabe o impacto e as consequências que determinadas decisões podem retornar aos negócios.

Nesse ponto, algumas práticas precisam ser bem melhor analisadas e aplicadas somente com um alto nível de certeza sobre os resultados esperados.

Por outro lado, é importante que gestores tenham certa dose de coragem para vencer o contexto de ambiguidade do mundo vuca, caso contrário, é possível entrar em estagnação.

Analisar mais profundamente as decisões e repensar linhas de raciocínio não significa necessariamente deixar de agir, mas identificar as ações mais sábias.

 

Como a ideia do mundo VUCA impacta um ambiente de trabalho?

Vimos principalmente após a pandemia de COVID-19 mudanças profundas em ambientes de trabalho. Muitos profissionais migraram para a modalidade online e permanecem até hoje assim.

Apesar da aparente sensação de controle, ainda não há a plena certeza que teremos novos picos, ou ainda, que surja algum outro vírus potencialmente igual ou superior.

Muitas empresas quebraram nesse cenário, outras migraram suas estratégias para plataformas digitais e de uma forma geral, entenderam que não podem ter suas estratégias “engessadas”. Veja agora alguns dos principais pontos de atenção:

Planejamento mais flexível

O negócio precisa estar, principalmente, mais preparado para mudanças. Isso não significa necessariamente não ter mais planejamentos, mas aumentar a flexibilidade deste instrumento.

Nesse ponto, construir o raciocínio em cima do conceito de mundo vuca ajuda o negócio a ser mais versátil e flexível para conseguir respostas mais rápidas às mudanças.

Ainda sobre planejamentos, em um cenário similar ao mundo vuca, o longo prazo perde alguma força, mesmo que não deva ser ignorado. Mas por conta das mudanças rápidas, o ideal é trabalhar a curto e médio prazos para explorar ações mais simples e eficazes.

A flexibilidade em planejamentos estratégicos é especialmente útil para vencer as dificuldades impostas pelo cenário de incerteza do conceito de mundo vuca.

Conhecimento compartilhado

O aumento da complexidade e da quantidade de desafios impõe às empresas um senso de colaboração para vencer as dificuldades. Nesse ponto, é fundamental estimular a troca de conhecimento entre os colaboradores.

Essa troca aprimora a capacitação como um todo e estimula o senso de grupo. Com os imprevistos constantes, é provável que um colaborador não esteja preparado para responder corretamente se não tiver uma base mais ampla do serviço.

Por isso, vemos muitos funcionários com múltiplas competências e cargos que exigem conhecimento multidisciplinar para lidar com mais inteligência com as situações de trabalho.

A multidisciplinaridade é uma das práticas voltadas para superar os desafios de complexidade do mundo vuca, que vemos de forma análoga por conta da transformação digital ocorrida nos últimos anos.

Velocidade de transformação

De um dia para o outro, temos inovações transformadoras e sempre vence  quem consegue lidar melhor e mais rápido com essa situação. O mundo vuca ensina que as empresas devem estar cada vez mais prontas para esse cenário de mudanças.

Nesse universo, é preciso ser mais ágil em raciocínio e em decisões. Se preciso for, o negócio deve até se reinventar, caso contrário, pode rapidamente fechar as portas.

RH estratégico

Um setor muito impactado por um processo de transformação baseado nos conceitos do mundo vuca é o RH, afinal, as pessoas são sempre as primeiras a sofrer grandes transformações.

O acompanhamento mais próximo dos colaboradores e a necessidade de conexão com outros setores faz com que o setor de recursos humanos seja mais atuante no universo corporativo.

Mudança de cultura

Também é importante mudar profundamente a cultura empresarial para uma conduta mais proativa e menos reativa. Aspectos como o orçamento devem ser mais prudentes, por conta da volatilidade.

Também é necessário saber lidar com a mudança e criar um sentido de adaptação rápida. Falar em estabilidade em um cenário de mundo vuca é um tanto difícil, entretanto, com uma cultura baseada nesses pilares, é possível vislumbrar crescimento de forma sustentável.

Impacto político

A mudança pode vir de diversas formas como apareceu no caso da pandemia. Mas a troca de um governo, por exemplo, também pode impactar profundamente no ambiente corporativo.

Especialmente no momento de polarização em que vive o país, podemos ter desdobramentos muito profundos por conta de uma eventual mudança de governo. Por isso, cabe ao gestor, estar pronto, independente do vencedor de uma eleição.

Se determinado pensamento pode ter características mais voltadas para o empreendedorismo, outro pode exigir mais situações de benefícios trabalhistas e acabar impactando em orçamentos empresariais.

Ainda que a empresa considere benéfico a eleição de candidato A ou B, é preciso considerar o raciocínio de mundo vuca para vencer a volatilidade e a incerteza do momento de mudança.

 

Por que a Senior Noroeste é o melhor caminho para otimizar sua gestão?

A SeniorNoroeste é especialista em perfomance corporativa. Por meio de uma solução digital inteligente e integrável aos sistemas empresariais, a organização amplia a visão estratégica de gestores. Dentre os principais benefícios, destacamos:

  • eliminação de processos ineficientes;
  • aumento de transparência;
  • redução de custos operacionais; e
  • aumento de produtividade com BPM, BOT, GED e BI.

Percebeu a importância da compreensão do mundo vuca para os negócios? Neste post, você aprendeu o conceito e os impactos dessa teoria em ambientes corporativos. Além disso, conheceu o trabalho da SeniorNoroeste em gestão empresarial.

Aplique os conhecimentos de mundo vuca com a performance corporativa da Senior!