Criando uma nova cultura organizacional? Saiba por onde começar! – Senior Noroeste Paulista

 

BLOG / NOTÍCIAS > Arquivos

 

Criando uma nova cultura organizacional? Saiba por onde começar!


Você já parou para colocar na ponta do lápis quanto custa contratar um novo colaborador? Quando o gestor faz essa conta, fica claro que é mais econômico reter talentos que fazem parte do time do que iniciar um novo processo de contratação.

Além do impacto financeiro, a longevidade da equipe é fundamental para disseminar e fortalecer a cultura organizacional pela qual a empresa preza. Esse conceito representa os valores, comportamento e código de conduta que rege as relações na instituição.

Devido a sua importância decidimos explorar esse tema e explicar o seu papel na satisfação da equipe no ambiente de trabalho. Continue lendo para saber mais!

 

Promove a atração e retenção de talentos

Encontrar profissionais qualificados, comprometidos e inovadores já é um desafio diário para a equipe de Recursos Humanos tendo em vista que o mercado está cada vez mais competitivo, as empresas cada vez se tornando mais atrativas e buscando serem bons lugares para se trabalhar.

Porém, contratar esse profissional é apenas o primeiro passo. 

Na prática, é preciso manter os colaboradores engajados com a empresa por meio de um conjunto de incentivos e programas de meritocracia. Essa prática é transformadora para o ambiente de trabalho, pois cria um forte senso de pertencimento e compatibilidade com a cultura organizacional.

 

Ajuda a reduzir custos

As empresas que têm elevado nível de turnover, ou seja, alta rotatividade na contratação e demissão de pessoal, lida com os custos desse problema. Conduzir o processo de seleção, contratação e treinamento de profissionais tem um custo elevado, tanto financeiro quanto de tempo.

Some a isso o fato de que todo o processo de demissão, além de requerer o pagamento de verbas rescisórias, ainda prejudica a produtividade do time afetado com a saída de um colaborador e da empresa como um todo que depende da atividade por ele desenvolvida. 

O desequilíbrio financeiro acontece porque a empresa está investindo no aumento da equipe, mas não está tendo o retorno esperado.

 

Aumenta o engajamento

Ao estabelecer uma cultura de colaboração, os funcionários replicam os comportamentos esperados. Esse é um fator que ajuda a criar um clima favorável, o que melhora a cooperação e a comunicação em todas as esferas da hierarquia.

O engajamento também é fruto da visão dos gestores que devem promover boas práticas para construir esse relacionamento. Como resultado, a empresa conquista um elevado patamar de produtividade e alinhamento com a conduta da empresa.

 

Favorece o desenvolvimento de líderes

A promoção interna é um dos maiores motivadores para a equipe. Nós reconhecermos o valor de contratar no mercado para trazer novas perspectivas, mas é preciso favorecer quem já conhece bem o funcionamento da organização.

Para que isso seja possível é fundamental criar um programa de treinamento e qualificação interna buscando formar líderes e desenvolver futuros gestores. Além disso, um plano de carreira abrangente favorece que o funcionário continue fazendo parte do negócio devido a perspectiva de crescimento na carreira.

 

É um fato que uma equipe satisfeita com o ambiente de trabalho produz mais e melhor. Todos os elementos que explicamos acima fazem parte de uma cultura organizacional que ajuda os colaboradores a crescerem e atingirem todo o seu potencial. 

Por fim, crescer é um esforço conjunto que requer colaboração e motivação.

Se você tem experiência com o desenvolvimento de cultura organizacional ou quer compartilhar como a sua empresa desenvolve esse conceito, deixe o seu comentário. Nós queremos conhecer a sua opinião sobre o tema!