Indústria 4.0 e ERP: qual a relação? – Senior Noroeste Paulista

 

BLOG / NOTÍCIAS > Arquivos

 

Indústria 4.0 e ERP: qual a relação?


O avanço da tecnologia é algo impossível de evitar. O processo de desenvolvimento e aperfeiçoamento das máquinas, que teve início na primeira Revolução Industrial, continua acontecendo até hoje em uma escala muito maior. Isso afeta diretamente a automação e a troca de dados, bem como as etapas de produção e modelos de negócios.

A Indústria 4.0 está transformando o mercado. Isso se dá, entre outras coisas, por meio do aumento da produtividade e uso das mais modernas tecnologias disponíveis na produção de bens de consumo. Continue a leitura até o final para entender os benefícios da Indústria4.0 e sua relação com o software ERP!

 

O que é Indústria 4.0?

Também conhecida por Quarta Revolução Industrial, a Indústria 4.0 consiste em um novo modelo no qual há um aumento da automação e a integração de diferentes tecnologias como inteligência artificial, robótica, Internet das Coisas, computação em nuvem e cibersegurança. O objetivo é digitalizar as atividades industriais e ampliar a produtividade.

O conceito tem como uma de suas características a flexibilização da linha de produção. Além disso, podemos também mencionar a descentralização do trabalho, a alta velocidade no recebimento e análise de dados e a virtualização. Por meio desta, é possível obter informações em tempo real, de modo a fazer o controle indireto do ambiente de operação.

 

Quais os benefícios da Indústria 4.0?

Os benefícios da implementação desse conceito são muitos, sendo possível operar com mais agilidade, aprimorando a qualidade e ainda aumentando os lucros. Confira as subseções a seguir e conheça alguns dos principais benefícios!

Eficiência operacional e praticidade

As decisões são tomadas de maneira rápida e eficiente graças à automação dos processos. O aumento da praticidade ocorre à medida que as máquinas passam a fazer as atividades repetitivas, em vez dos humanos. 

Agilidade e segurança

A agilidade com os processos de especificações de produtos, lotes e fabricação ajuda a empresa a vender mais. Podemos também destacar que a agilidade oriunda da tecnologia reforça a segurança, evitando, por exemplo, violações e vazamento de informações.

Economia

Apesar de exigir investimentos relativamente altos para sua implantação, a Indústria 4.0 consegue eliminar desperdícios e operações que não agregam valor. Isso significa que, ao longo do tempo, a tendência é que esses custos comecem a cair e ainda haja uma economia de recursos.

Qual a relação entre o ERP e a Indústria 4.0?

O ERP (Enterprise Resource Planning) é o termo dado ao sistema que permite automatizar o processo operacional e controlar dados. A ideia é integrar todos os registros do negócio em uma única ferramenta. Portanto, é o sistema ERP que acompanha os processos industriais e gera informações estratégicas importantes para que os gestores tomem as melhores decisões em relação ao negócio. 

A incorporação dessa ferramenta na Indústria 4.0 permite:

  • integrar setores;
  • centralizar informações;
  • gerenciar processos;
  • mapear demandas;
  • reduzir custos;
  • aumentar a produtividade;
  • abrir portas para o estudo de novos modelos de negócios.

 

Podemos então concluir que a Indústria 4.0 tem o potencial para movimentar a economia, aumentando a qualidade dos bens de consumo. Além disso, ela ajuda a diminuir os custos e melhorar os lucros, elevando a empresa a um nível mais competitivo no mercado mundial.

Gostou do artigo? Então assine a nossa newsletter e receba outros conteúdos como este em seu e-mail.