BLOG / NOTÍCIAS > Arquivos

 

A importância dos dados: Big data e analytics. Conheça agora!


Uma nova técnica de tratamento de dados vem ganhando cada vez mais espaço entre as organizações. Trata-se do big data e analytics, uma modelagem de informações que consiste no armazenamento de um alto volume de dados para que sejam feitas análises posteriores. O objetivo é identificar insights úteis para alavancar os resultados de um negócio.

Este artigo fala melhor a respeito desse assunto. Ao ler o texto, você entenderá porque isso pode ser uma vantagem de mercado para as empresas, conhecerá mais a fundo o conceito que ronda a tecnologia e saberá quais são as vantagens e como implementar um big data de forma eficaz em uma companhia.

Pronto para a leitura? Então aproveite o artigo!

 

Porque os dados trazem vantagem competitiva a um negócio?

Atualmente, não é mais nenhuma grande novidade que uma estratégia baseada em dados pode alavancar qualquer negócio. No entanto, é preciso ter uma estratégia para desenvolver as soluções certas, pois do contrário, o alto volume de informações apenas trará distração para os departamentos empresariais.

É nesse ponto que o conceito de big data se torna importante, pois os processos são orientados desde a coleta de informações. O objetivo é construir um armazém de dados que permita o processo posterior de analytics, ou seja, a implantação de uma análise detalhada de inteligência de negócios.

 

Qual é o conceito de big data e analytics e como funciona?

Acompanhe a seguir o que significam os 5 V’s que conceituam o big data.

 

Volume

O armazenamento de dados no big data e analytics ocorre em uma escala altamente grande. Isso quer dizer que é preciso ter uma boa estrutura de guarda das informações, além de métodos eficazes que resolvam o desafio de selecionar os dados que realmente importam para um determinado ramo de negócios.

Velocidade

Outro conceito com o qual o big data precisa se preocupar é em relação a velocidade na qual os dados são gerados. Diariamente, bilhões de buscas são feitas em mecanismos de procura de informação. A interação dos usuários na rede gera um volume de dados que necessita de velocidade em seu processamento.

Variedade

Além disso, existe também a tratativa dada aos diferentes tipos de informações que são coletadas na rede. Os dados vêm de fontes diversas e nem sempre obedecem a um padrão que atenda a todos. Sendo assim, também é preciso lidar com a variedade existente entre todas as informações que são captadas antes de inserir no big data.

Valor

A captura e armazenamento de dados tem um grande potencial de gerar valor para os negócios. Por meio de uma análise criteriosa, poderosos insights são revelados, de modo a balizar as decisões estratégicas de uma companhia. No entanto, é preciso saber também quais informações terão utilidade para uma determinada empresa.

Veracidade

Por fim, faz-se necessário constatar a veracidade dos dados coletados. A depender da fonte que os originou, eles podem ter serventia ou não na medida em que são válidos ao negócio. Por isso, a verificação de autenticidade da fonte precisa ser bem feita para que as informações sejam verídicas e confiáveis.

 

Quais são as vantagens trazidas por esse tipo de tecnologia?

Entre os benefícios trazidos por um big data e analytics, é possível identificar um processo de tomada de decisão mais assertivo, uma melhor gestão de riscos e inovações eficientes. Acompanhe a seguir em maiores detalhes.

Melhora na tomada de decisão

A análise feita em um grande volume de dados permite tirar conclusões a respeito de uma série de fatores importantes para um negócio. Muitas vezes, a empresa sequer sabe que pode usar esse grande banco de dados em seu favor.

Ao usar o big data e analytics, é possível traçar um melhor perfil do consumidor, por exemplo. A partir disso, decisões estratégicas sobre o rumo da companhia podem ser alicerçadas no processo de inteligência de negócios. Isso pode gerar grandes faturamentos atendendo a anseios de consumo que antes não eram conhecidos.

Gestão de riscos

Outro forte benefício conseguido com o big data é a prevenção de perdas financeiras que ocorrem por meio de fraudes e inadimplência. Ao analisar grandes volumes de dados, pode-se ter uma noção mais exata sobre o risco de fechamento de determinado negócio. Isso é especialmente útil para organizações do setor financeiro.

Inovação

A análise de dados pode trazer insights que levam ao desenvolvimento de novos produtos. E isso não está relacionado apenas ao atendimento das satisfações dos consumidores, pois também pode ser usado para medir a eficiência de determinadas aplicações. É o que acontece na indústria aeronáutica, por exemplo, ao medir o rendimento de novos propulsores a jato.

 

Como é possível implementar um big data e analytics em uma organização?

Toda empresa que deseja implantar a tecnologia de um big data e analytics precisa começar escolhendo as ferramentas certas. Nesse sentido, uma boa recomendação é buscar por uma solução em nuvem, pois isso dispensa altos investimentos em infraestrutura física representada por equipamentos.

Definida essa parte da estratégia, chega o momento de fazer um certo alinhamento de expectativa. Isso quer dizer que é preciso saber qual é o objetivo do negócio em relação ao armazenamento de dados e posterior análise. Sem isso, a atividade pode se tornar mais um obstáculo do que uma solução e vem daí a necessidade da congruência entre a estratégia de dados e a estratégia do negócio.

Por fim, é necessário atuar com agilidade. A tecnologia e o mercado estão em constantes mudanças. Por isso, a análise de dados corre o risco de se tornar obsoleta se não for efetuada em um prazo que os dados sejam considerados “com efeito”. Senão, o armazenamento pode não ter serventia alguma.

Aplicar o big data e analytics em uma organização tem o potencial de trazer inúmeros benefícios. Como muito se diz, “os dados são o novo petróleo”. No entanto, apenas armazenar informações sem ter critérios claros e específicos pode não ser nada produtivo. Para que a estratégia dê certo é preciso considerar alguns aspectos, como o uso de ferramentas adequadas, o alinhamento da estratégia e uma atuação ágil o suficiente para captar as tendências de mercado.

 

Gostou do conteúdo? Então aproveite e deixe seu comentário indicando o que pensa a respeito desse incrível tema sobre big data!