Gestão – Senior Noroeste Paulista

 

BLOG / NOTÍCIAS > Tag: Gestão

 

Quais os benefícios de um software de logística para uma empresa?


Para que sua empresa se mantenha competitiva, consiga conquistar novos clientes e manter os atuais, é importante otimizar a estrutura interna do negócio. Existem diversas maneiras de deixar a corporação ainda mais eficiente, entre elas, o uso de um bom software de logística promete trazer praticidade na gestão de fluxos.

Ao aliar a tecnologia com um bom trabalho, grandes melhorias podem ser realizadas nas suas entregas e prazos e isso impacta positivamente na satisfação dos clientes. Se você quer entender como um bom software pode contribuir para essa evolução, continue a leitura e confira nosso post!

 

O que é um software de logística?

Um software focado em otimizar a capacidade logística de uma empresa é capaz de oferecer controle total em todas as etapas do processo logístico, desta a entrada de matéria-prima para a produção até o envio de produtos acabados para o consumidor.

Por meio de um sistema integrado e alimentado constantemente pela equipe, é possível dimensionar os estoques, ter ideia da necessidade de compra e ainda entender quais as principais tendências de demanda do público para incorporar em seu planejamento estratégico.

 

Quais são os benefícios de usar o software de logística?

Contar com um software de logística pode trazer diversos ganhos para sua organização como mais eficiência e uma empresa mais produtiva. Entre eles, elencamos alguns pontos que ajudarão o seu negócio a crescer com esse investimento. 

Otimização de processos

Por meio do uso da tecnologia disponível nesse tipo de recurso é possível automatizar diversos processos. Assim, o que antes era realizado de forma manual, com o software se torna automático e rápido.

Com isso, os responsáveis por esse setor tão importante tem mais tempo para pensar em estratégias para melhorar os resultados do negócio. Portanto, se você está procurando por um modo de otimizar os processos da sua empresa, investir em um software de logística é uma boa saída.

Redução de custos

O setor logístico pode apresentar diversos gargalos que aumentam os gastos e tornam a estrutura da empresa muito custosa. Assim, é essencial investir em recursos que ajudem a identificar potenciais problemas e a encontrar soluções que diminuam as despesas da empresa.

Nesse sentido, um software de logística é uma excelente ferramenta. Por meio dele é viável ter uma visão mais clara dos processos dessa área e, desse modo, consegue-se identificar processos nos quais seja possível reduzir custos sem diminuir a qualidade dos serviços oferecidos.

Além, é claro, a possibilidade de redução de mão de obra de forma que não comprometa o ritmo do trabalho e a qualidade das entregas.

Diminuição de erros

Quando contamos com a ajuda da tecnologia, diminuímos expressivamente – ou até mitigamos – a ocorrência de falhas e erros na execução de tarefas, já que um procedimento realizado de forma manual tem mais chances de conter algum erro, como por exemplo, é possível que em alguns lançamentos ocorram falhas devido ao cansaço ou falta de atenção.

No setor logístico, ocorrências como essas que citamos podem representar grandes perdas para a empresa. Desse modo, ter soluções que as reduzam é fundamental. Portanto, vale investir em um sistema para esse fim.

 

Como escolher um software de logística?

Escolher um bom software pode fazer toda a diferença na logística de sua empresa. Nesse sentido, é importante verificar as necessidades do negócio na hora de selecionar a opção mais adequada. Além disso, é relevante que o sistema atenda as demandas do setor que você trabalha e ofereça um suporte de qualidade para que, em caso de algum problema, consiga resolver de forma ágil e otimizada.

Viu como um software de logística é importante para tornar seu negócio ainda mais lucrativo? Ao contar com um sistema como o da Senior, você consegue fazer o acompanhamento e controle de processos via web, além de contar com ferramentas desenvolvidas exclusivamente para otimizar essa área da sua empresa.

Quer implementar essas mudanças na sua corporação? Então entre em contato conosco e confira quais soluções da Senior estão mais alinhadas com as necessidades do seu negócio!

 

 

 

BLOG / NOTÍCIAS > Tag: Gestão

 

Por que usar sistemas de RH na empresa? Confira algumas aplicações!


No dia a dia de uma empresa, quanto mais otimizadas forem as rotinas, mais produtividade e eficiência interna são garantidas. Nesse contexto, utilizar sistemas no setor de RH pode fazer toda a diferença.

Isso porque um software direcionado para os serviços de Recursos Humanos é capaz de cumprir diversas funções de forma automática e rápida. Consequentemente, a organização tem retornos muito positivos.

Quer saber em quais tipos de processos vale a pena utilizar sistemas de RH? A seguir, confira uma lista com as principais rotinas do setor de Recursos Humanos que podem ser otimizadas!

 

Recrutamento e Seleção

O processo de analisar o perfil dos candidatos, enviar o convite para participar das próximas etapas do processo seletivo, planejar as atividades a serem realizadas nessas fases e selecionar os profissionais que mais se destacaram demanda tempo, energia e custos para o setor de RH.

No entanto, com o uso de um software apropriado, é possível ter mais economia em várias dessas tarefas. Para começar, um sistema pode realizar as tarefas de seleção dos currículos que atendem aos requisitos definidos pela empresa para determinadas vagas.

Ao mesmo tempo, é possível programar o software para enviar e-mails, comunicados e lembretes aos participantes do processo seletivo com relação à aprovação ou não para as próximas fases, recepcionar documentos no caso da contratação finalizada, submetê-los à aprovação dos gestores da área contratante e muitos outros processos. 

O planejamento também pode ser ainda mais eficiente e organizado ao utilizar um sistema adequado para esse tipo de demanda. Basta realizar os comandos apropriados para as estratégias de recrutamento e seleção criadas na empresa.

Gestão de pagamentos

Outra tarefa que envolve bastante atenção e tempo dos profissionais de RH é o pagamento dos colaboradores. Além disso, por questões legais e financeiras, é preciso ter muito cuidado para evitar erros e falhas nessa tarefa.

A boa notícia é que um sistema de Recursos Humanos consegue realizar esse tipo de atividade com mais precisão, pontualidade e eficiência. Desse modo, uma tarefa massante e demorada torna-se somente uma conferência mais detalhada, bastando alguns cliques para que todo o processo seja realizado de forma segura e apropriada.

 

Geração de relatórios de assiduidade e pontualidade

Acompanhar o desempenho dos profissionais também é uma função do setor de Recursos Humanos. Dentre essas atividades, é necessário conferir a pontualidade dos colaboradores, tal como a assiduidade.

Essa tarefa é importante para realizar um controle da presença dos funcionários e fazer os ajustes necessários para que não haja problemas no dia a dia da empresa. Com relatórios que entregam esses dados automaticamente, isso se torna ainda mais fácil.

Nesse caso, é possível, por exemplo, implementar um software que organiza as informações do ponto eletrônico dos colaboradores. Com isso, o agrupamento desses dados por período é otimizado e os profissionais de RH podem fazer uma análise crítica.

 

Gestão de benefícios

Além do salário mensal, é fundamental se preocupar com o bem-estar dos funcionários. É aí que entra a importância da gestão de benefícios. Assim, pode-se analisar as necessidades dos profissionais e garantir um bom engajamento.

Vale-transporte, vale-refeição, vale-alimentação, bonificações, assistência médica e odontológica: todos esses são exemplos de benefícios que podem ser oferecidos aos colaboradores.

Com o auxílio de um sistema apropriado para essas tarefas, torna-se simples administrar essas demandas, manter o pagamento em dia, organizar as parcerias com as demais empresas, dentre outras atividades que envolvem a gestão de benefícios.

 

Integração com outros setores

Sabe o que mais ajuda na produtividade interna de uma empresa? Manter os setores bem integrados. Uma comunicação eficiente entre as partes de uma organização permite um desenvolvimento coeso e sustentável.

A tecnologia se mostra como uma excelente aliada na organização e na transmissão de informações. Assim, é possível compartilhar os dados com setores de Vendas, Finanças, Logística e outros e realizar uma gestão integrada.

 

Viu só como os sistemas de RH podem ser úteis no dia a dia? Para isso, nada melhor que usar softwares de qualidade e contar com uma empresa de confiança para realizar a criação e a manutenção de programas apropriados para a sua organização.

Quer saber onde encontrar soluções especializadas para o RH? Então, conheça agora mesmo os nossos serviços de Gestão de Pessoas!

NOSSAS POSTAGENS


 

 

 

BLOG / NOTÍCIAS > Tag: Gestão

 

Saiba o que é um sistema de gestão alfandegária!


As novas tecnologias trouxeram muitas facilidades para o cotidiano das organizações. Nesse sentido, os sistemas de gestão aduaneira cumprem um papel fundamental dentro dos processos logísticos e vão além do auxílio nos serviços de entrega, transporte e armazenagem. Eles trazem mais dinâmica e inovação para esse tipo de negócio, influenciando nas estratégias e nos planejamentos.

Levando em consideração essas informações, este artigo falará sobre a importância dos sistemas de gestão alfandegárias, abordando os benefícios dessa tecnologia. Confira!

 

O papel da logística alfandegária

Antes de começarmos, é importante trazer para você, o papel da logística alfandegaria, que abarca uma série de etapas e atividades por vezes complexas, que serão facilitadas por meio de ferramentas e sistemas de gestão. Nesse contexto, as funções da logística alfandegária abarcam:

  • Transporte de produtos;
  • Armazenagem de mercadorias, incluindo discriminação e preparo de itens;
  • Movimentação e entrega de matérias-primas, insumos e produtos.

Dessa forma, esse tipo de logística opera em atividades fundamentais no contexto internacional, tendo como principal foco, as etapas de importação e exportação que são analisadas e gerenciadas pelas organizações.

 

Uso da tecnologia na gestão alfandegária

Como sabemos, a logística internacional, bem como as nacionais, exige dos gestores atenção plena a cada detalhe, seja nas funções administrativas, legais ou operacionais. E, para que cada um desses aspectos saia exatamente como planejado, contar com a tecnologia é algo fundamental.

Nesse contexto, a obtenção do controle de todas as etapas, como, por exemplo, reunião de dados, integração de setores e informações terão menos chances de incidirem em falhas, caso seja utilizado um software de gestão. Abaixo, citaremos alguns benefícios que essas ferramentas podem propiciar. Veja!

Administração de impostos e documentos

Trabalhos que envolvem importação e exportação requer uma atenção redobrada à legislação e exigem uma série de documentações. Uma vez que cada país tem a sua própria lei, impostos e regras aduaneiras, um sistema eficaz de gestão possibilita:

  • A organização eletrônica de documentos;
  • A impossibilidade de informações duplicadas;
  • A eliminação de extravios;
  • A organização de movimentações entre outros benefícios.

Alinhamento com a legislação

Como já mencionamos, atividades de importação e exportação exigem obediência à lei e possuem uma série de requisitos a serem cumpridos. A tecnologia, nesse sentido, favorece o preparo para as determinações legais de cada país, o que agilizará autorizações e o pagamento de taxas, por exemplo. Isso fará com que a empresa ganhe tempo e otimize a operação.

Armazenamento

Outro fator importante que será impactado pelo uso de softwares de gestão aduaneira é o armazenamento, ou seja, as atividades que envolvem a separação, preparação e estoque de mercadorias. Todas essas ações requerem um planejamento estruturado, pois atrasos na liberação e distribuição podem ocasionar diversos transtornos, inclusive financeiros.

Dessa forma, com um sistema de gestão se torna possível o controle mais assertivo no que se refere a datas e solicitações de entrada e saídas em áreas fronteiriças, por exemplo, facilitando todo o processo.

 

Sistema de gestão alfandegária

ERP, ou Sistemas Integrados de gestão empresarial é um recurso tecnológico capaz de interligar os dados e processos de uma organização em um único sistema. Essa interligação traz otimização às rotinas de uma organização e reduz as chances de falhas que podem resultar no pagamento de multas, por exemplo.

E, para que a qualidade do trabalho não seja afetada, é importante contar com parceiros comprometidos em desenvolver os melhores ERP, capazes de atender empresas de diferentes segmentos, que te ajuda a potencializar resultados e agilizar processos do dia a dia. Entre em contato e contrate o melhor ERP do país!

NOSSAS POSTAGENS


 

 

 

BLOG / NOTÍCIAS > Tag: Gestão

 

Sistema para gestão de supermercados. Veja como funciona!


O avanço das novas tecnologias vem propiciando inúmeras facilidades para o dia a dia das empresas, seja na elaboração de estratégias de venda, ou na otimização dos trabalhos. Nesse sentido, a utilização de sistemas de gestão para supermercados pode trazer inúmeras vantagens para a execução das atividades e eficiência no atendimento. Levando em consideração essas informações, este artigo se propõe a falar sobre essas ferramentas, mostrando sua importância, funcionamentos e recursos que elas devem oferecer. Confira!

 

O que é um software de gestão?

Um software de gestão é uma ferramenta capaz de unificar dados de diversos setores dentro de uma empresa, facilitando a colaboração entre os departamentos e ajudando na elaboração de estratégias. A sua utilização reduz drasticamente os erros e custos administrativos do estabelecimento.

Como as informações são armazenadas em nuvem (cloud computing), esse tipo de solução permite que os dados sejam acessados de qualquer lugar, desde que se tenha acesso à internet e autorização para isso. Todas essas funcionalidades resultam em um aumento de faturamento, uma vez que há mais controle de custos, redução de perdas e melhor giro de estoque. Portanto, é essencial contar com um software de gestão na administração de um supermercado.

 

Quais as vantagens de um sistema para supermercados?

Como já foi mencionado, um sistema de gestão para supermercado é capaz de automatizar processos, reunir dados importantes e auxiliar na tomada de decisões. Abaixo, citaremos mais algumas vantagens que ele oferece. Veja! 

Previsão de estoque

Quando negociamos com um fornecedor é preciso calcular as necessidades do estabelecimento. Nesse sentido, um trabalho manual pode incorrer em falhas. Ao contarmos com um sistema para gestão de supermercados, temos acesso a recursos capazes de realizar uma mensuração estatística da demanda de cada período, utilizando, para isso, diversas informações, tais quais: histórico de vendas, flutuações sazonais, entre outras. 

Alinhamento com o Fisco

Como sabemos, a abertura de uma empresa implica, necessariamente, pagamento de tributos. E, para quem lida com vendas, as operadoras de cartões de crédito são obrigadas a entregar anualmente a Declaração de Operações com Cartão de Crédito (DECRED), que serve para a Receita Federal verificar se estão de acordo com as declarações da sua empresa.

Caso haja inconsistência de dados, os transtornos podem ser diversos, mas, o investimento em um software para gestão pode realizar esse trabalho, evitando discrepâncias.

Análises gerenciais

As ferramentas de gestão podem oferecer informações preciosas que ajudarão o setor de compras a compreender quais os itens e fornecedores são mais críticos ao negócio. Além disso, processos de controle de caixa e resultados do ponto de venda podem ser analisados de modo mais facilitado.

 

O que um bom sistema de gestão deve possuir?

Agora que sabemos as vantagens e importância de um software de gestão em um supermercado, abordaremos as características que não podem faltar nesses programas. Veja a seguir algumas delas:

1. Qualidade do suporte ao usuário

O suporte é o principal responsável por resolver problemas e possíveis questionamentos. Portanto, ele deve ter boa disponibilidade, aparecendo em vários canais e durante o horário de expediente. Portanto, o impacto de um evento é sempre pequeno.

2. Funcionalidades

As funcionalidades devem ser o principal atrativo do ERP de supermercado. Portanto, precisam incluir boas capacidades de customização, possibilidade de integração com outras plataformas e mecanismos de controle.

3. Custo-benefício

O custo-benefício é uma das principais métricas que orientam as decisões de compra do sistema. Nesse sentido, nem sempre o sistema mais barato é o que melhor vai atender as expectativas do seu negócio. Logo, é preciso que se leve em consideração as necessidades do supermercado, frente a sua capacidade de investimento.

Portanto, o uso das novas tecnologias podem facilitar inúmeros processos dentro de uma organização. E, a utilização de softwares para supermercados pode ser muito útil, à medida que reduzem os erros, os custos e otimizam os trabalhos. E, para que os seus objetivos sejam conquistados, é ideal contar com parceiros dispostos a facilitar os trabalhos, oferecendo o melhor software de gestão do mercado. Entre em contato e saiba mais!

NOSSAS POSTAGENS


 

 

 

BLOG / NOTÍCIAS > Tag: Gestão

 

Software para gestão de fazenda: qual a importância?


Você já deve ter ouvido falar na transformação digital, não é mesmo? Ela trouxe uma série de transformações importantes nas mais diferentes áreas e isso vale, também, para o agronegócio. Sim, hoje é possível automatizar uma série de funções no campo que podem interferir diretamente na produtividade do seu negócio.

E uma das formas de trazer essas mudanças é adotando um software para gestão da fazenda. Se você ainda não adotou um, é importante compreender a importância dele para manter a produtividade, evitar perdas e prejuízos, entre uma série de outras questões importantes. Vamos saber mais a seguir sobre o tema. Boa leitura!

 

Auxilia na otimização do plantio

Os softwares para gestão de fazendas permitem que você possa identificar o momento correto de realizar determinados plantios, considerando a avaliação de variáveis importantes como umidade do ar, previsão meteorológica, estimativas para determinado período, entre outros pontos.

Além disso, ele também auxilia em uma rotação de plantio mais eficiente, indicando quais são as melhores opções para aquele momento e, assim, evitar a sobrecarga do solo. Muito bom, não é mesmo?

 

Auxilia na observação climática

Um ponto que impacta consideravelmente o plantio é, justamente, as alterações climáticas. Um software para gestão de fazenda consegue integrar-se com plataformas de previsões meteorológicas e prever necessidades de antecipação da safra ou optar por outros cultivos naquele período, minimizando perdas e prejuízos.

 

Permite automatização de processos

Para além das questões diretas no campo, temos também uma série de automações de processos que são importantes para não sobrecarregar o produtor. Entre alguns pontos que merecem atenção são:

  • emissão de notas fiscais de vendas;
  • gestão empresarial (afinal, sua fazenda pode ser comparável, sim, com as atividades de uma empresa);
  • gestão de pessoas (para administrar os contratos, pagamentos e benefícios trabalhistas dos seus profissionais);
  • soluções financeiras para ter uma melhor gestão de fluxo de caixa de forma automatizada em sua fazenda;
  • gestão de armazenagem, para evitar que falhas na estocagem possam prejudicar a sua rentabilidade e gerar perdas de produtos;
  • gestão de transportes e fretes, garantindo menores custos e maior produtividade no transporte da sua produção até a próxima etapa logística.

Para isso, você pode contar com a Senior! Temos diversos produtos que podem ser integrados a outros softwares de gestão de fazenda que você utilize e, assim, ter melhor custo-benefício e praticidade no dia a dia do seu negócio.

 

Garante menos perdas produtivas

Outro ponto importante é que os sistemas de gestão permitem, também, observar questões essenciais para evitar perdas produtivas, ainda mais em uma área na qual falhas podem gerar prejuízos irreversíveis.

Por exemplo, um produto armazenado por mais tempo do que deveria no seu estoque poderá estragar e comprometer toda a rentabilidade de uma safra. Um sistema focado para o setor de agronegócio poderá notificá-lo sobre a questão, fazendo-o acelerar o giro de estoque.

 

O software para gestão de fazenda é fundamental para que você possa minimizar impactos e garantir maior rentabilidade para seu negócio. Lembre-se que isso será fundamental para destacar-se no mercado! Tem dúvidas sobre o assunto? Deixe nos comentários e responderemos!

 

NOSSAS POSTAGENS


 

 

 

BLOG / NOTÍCIAS > Tag: Gestão

 

Internet 5G: descubra qual é o seu impacto na gestão de negócios


A internet 5G está perto de se tornar realidade no Brasil, principalmente por estarmos passando por uma grande transformação digital. A quinta geração de internet móvel é uma tecnologia que possibilita uma conexão muito mais rápida do que a que conhecemos como 4G.

Além disso, também permite uma interconexão mais eficiente e rápida com outros dispositivos e aparelho — tudo graças à Internet das Coisas (IoT). Como a transmissão de dados da internet 5G é muito mais avançada, milhares de equipamentos podem ser conectados à mesma rede.

No Brasil, a expectativa é de que a tecnologia seja implementada nas principais cidades até julho de 2022, impactando de maneira significativa também na gestão de negócios. A seguir, confira as principais vantagens dessa tecnologia e de que maneira ela afetará os negócios.

 

Quais as principais vantagens da internet 5G?

Quando falamos em internet 5G, grande parte das pessoas pensam que se trata apenas de uma velocidade maior de tráfego de dados. No entanto, suas vantagens vão muito além disso. Abaixo, nós listamos as principais.

  • aumento da velocidade — a internet 5G promete uma velocidade até 100 vezes maior que a 4G que usamos. Então, enquanto a velocidade da 4G é de cerca de 17,1 Mbps, a 5G varia entre 1 até 20 Gbps;
  • melhora na comunicação — a nova tecnologia vai diminuir a latência, que faz com ocorram delays em vídeos, chamadas e jogos online. Assim, a 5G permite que a conexão seja realizada praticamente em tempo real e sem travamentos;
  • menor consumo de energia — em relação à internet 4G, a 5G usa até 90% menos energia. Como resultado, vamos perceber um grande aumento na duração da bateria dos dispositivos conectados à rede;
  • mais aparelhos conectados — a quarta geração de internet ainda sofre com a limitação da quantidade de dispositivos conectados, enquanto a 5G suporta entre 50 e 100 vezes o número de equipamentos.

Então, de que forma a internet 5G vai impactar a gestão de negócios?

Os benefícios acima prometem ser transformadores para os negócios, afinal, como estamos na era da digitalização e todas as empresas deverão investir em tecnologia para permanecer no mercado, a 5G impactará todos os modelos. A seguir, descubra de que forma.

Inteligência de negócio

A internet mais rápida e mais disponível permitirá aproveitar melhor a tecnologia para acesso a dados de gestão e operação de mercado. Ou seja, as empresas poderão lidar com um volume muito maior de informações e utilizar recursos tecnológicos mais exigentes, como a realidade aumentada e a realidade virtual.

Além disso, com tantas informações à disposição em tempo real, os gestores terão uma visão completa sobre os riscos e oportunidades, tornando mais assertiva a tomada de decisão.

Internet das Coisas — IoT

Esse tipo de tecnologia permite a conexão de diversos dispositivos autônomos na rotina de um negócio, coletando dados, analisando-os e, ainda, possibilitando que máquinas exerçam inúmeras funções antes realizadas manualmente. Com a internet 5G, todas essas funções terão um desempenho ainda melhor.

Segurança da informação

Atualmente, os dados são um dos ativos mais valiosos de uma empresa. Sendo assim, a segurança da informação se torna ainda mais importante e isso será aumentado com a chegada da internet 5G, evitando fraudes e vazamentos.

Gestão baseada em dados

A gestão baseada em dados é muito mais assertiva e precisa. Afinal, quanto mais relatórios, indicadores e informações o gestor tiver em tempo real, mais completas serão as visões sobre os riscos e oportunidades e, por consequência, as tomadas de decisões serão mais certeiras, aumentando as taxas de sucesso e reduzindo as possíveis ameaças.

 

Como você viu, a internet 5G trará grandes benefícios para a gestão de negócios, potencializando as oportunidades para todas as empresas que aderirem a essa nova tecnologia. Portanto, fique atento a essa novidade e invista nela tão logo for possível.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, aproveite a visita no blog e confira como a tecnologia pode ampliar os resultados da sua empresa.

NOSSAS POSTAGENS


 

 

 

BLOG / NOTÍCIAS > Tag: Gestão

 

Indústria 4.0 e ERP: qual a relação?


O avanço da tecnologia é algo impossível de evitar. O processo de desenvolvimento e aperfeiçoamento das máquinas, que teve início na primeira Revolução Industrial, continua acontecendo até hoje em uma escala muito maior. Isso afeta diretamente a automação e a troca de dados, bem como as etapas de produção e modelos de negócios.

A Indústria 4.0 está transformando o mercado. Isso se dá, entre outras coisas, por meio do aumento da produtividade e uso das mais modernas tecnologias disponíveis na produção de bens de consumo. Continue a leitura até o final para entender os benefícios da Indústria4.0 e sua relação com o software ERP!

 

O que é Indústria 4.0?

Também conhecida por Quarta Revolução Industrial, a Indústria 4.0 consiste em um novo modelo no qual há um aumento da automação e a integração de diferentes tecnologias como inteligência artificial, robótica, Internet das Coisas, computação em nuvem e cibersegurança. O objetivo é digitalizar as atividades industriais e ampliar a produtividade.

O conceito tem como uma de suas características a flexibilização da linha de produção. Além disso, podemos também mencionar a descentralização do trabalho, a alta velocidade no recebimento e análise de dados e a virtualização. Por meio desta, é possível obter informações em tempo real, de modo a fazer o controle indireto do ambiente de operação.

 

Quais os benefícios da Indústria 4.0?

Os benefícios da implementação desse conceito são muitos, sendo possível operar com mais agilidade, aprimorando a qualidade e ainda aumentando os lucros. Confira as subseções a seguir e conheça alguns dos principais benefícios!

Eficiência operacional e praticidade

As decisões são tomadas de maneira rápida e eficiente graças à automação dos processos. O aumento da praticidade ocorre à medida que as máquinas passam a fazer as atividades repetitivas, em vez dos humanos. 

Agilidade e segurança

A agilidade com os processos de especificações de produtos, lotes e fabricação ajuda a empresa a vender mais. Podemos também destacar que a agilidade oriunda da tecnologia reforça a segurança, evitando, por exemplo, violações e vazamento de informações.

Economia

Apesar de exigir investimentos relativamente altos para sua implantação, a Indústria 4.0 consegue eliminar desperdícios e operações que não agregam valor. Isso significa que, ao longo do tempo, a tendência é que esses custos comecem a cair e ainda haja uma economia de recursos.

Qual a relação entre o ERP e a Indústria 4.0?

O ERP (Enterprise Resource Planning) é o termo dado ao sistema que permite automatizar o processo operacional e controlar dados. A ideia é integrar todos os registros do negócio em uma única ferramenta. Portanto, é o sistema ERP que acompanha os processos industriais e gera informações estratégicas importantes para que os gestores tomem as melhores decisões em relação ao negócio. 

A incorporação dessa ferramenta na Indústria 4.0 permite:

  • integrar setores;
  • centralizar informações;
  • gerenciar processos;
  • mapear demandas;
  • reduzir custos;
  • aumentar a produtividade;
  • abrir portas para o estudo de novos modelos de negócios.

 

Podemos então concluir que a Indústria 4.0 tem o potencial para movimentar a economia, aumentando a qualidade dos bens de consumo. Além disso, ela ajuda a diminuir os custos e melhorar os lucros, elevando a empresa a um nível mais competitivo no mercado mundial.

Gostou do artigo? Então assine a nossa newsletter e receba outros conteúdos como este em seu e-mail.

NOSSAS POSTAGENS


 

 

 

BLOG / NOTÍCIAS > Tag: Gestão

 

Como a transformação digital é beneficiada com um software de gestão


A transformação digital é uma realidade há algum tempo. Nesse contexto, as empresas que não acompanham as mudanças do mercado estão destinadas a sair de cena, já que os avanços tecnológicos ganham cada vez mais espaço. A inovação e o uso de softwares tem muitos benefícios para a gestão empresarial, mas é necessário usá-los com sabedoria.

Ao contrário do que algumas empresas imaginam, não basta manter o negócio mais conectado ou mudar arquivos para o digital. A transformação digital é muito mais que isso, uma vez que otimiza processos, melhora as tarefas cotidianas, dentre muitos outros benefícios.

Por isso, venha conhecer alguns dos benefícios de implementar a transformação digital e os impactos disso na gestão da sua empresa.

 

Automação de tarefas

Um dos maiores impactos quando as empresas iniciam a transformação digital é perceber o ganho de produtividade. Isso é possível a partir do uso de softwares de gestão capazes de automatizar diversas tarefas que eram realizadas pelos colaboradores.

Dessa forma, a automação de tarefas e processos internos melhora até mesmo a gestão de recursos. Por isso, os ganhos são ainda maiores, pois muitas das demandas podem ser automatizadas — além de proporcionar aos colaboradores maior foco em atividades que só eles conseguem fazer, sem depender de máquinas.

 

Otimização de processos

Quando as ferramentas de automação entram no jogo, não há dúvidas que há ganho de tempo — sobretudo em comparação com os trabalhos feitos por humanos. Desse modo, a transformação digital é uma mão na roda quando se trata de otimização de processos.

Automatizar não significa apenas deixar os processos padronizados e fazer atividades repetitivas, a automação também otimiza o tempo em que essas tarefas são feitas. Além disso, também evita erros e falhas, algo mais comum quando estamos falando de esforço humano repetitivo. Portanto, as tarefas repetitivas também ficam mais seguras ao serem automatizadas.

 

Acompanhamento de demandas

Outra grande vantagem das ferramentas de gestão é a possibilidade de acompanhar as demandas do início ao fim, etapa por etapa. Esse é um ponto interessante, pois o fluxo de trabalho fica mais organizado e facilita a distribuição de tarefas.

Acompanhar as atividades também tem o benefício de olhar mais de perto cada fase do processo, identificando gargalos e tarefas que não estavam previstas no início dos projetos. Com isso, as demandas ficam mais transparentes e são gerados relatórios com todos os detalhes, mostrando a rentabilidade e outras informações importantes.

 

Compartilhamento de dados

O uso de softwares é algo imprescindível na transformação digital. Por meio dessas ferramentas é possível ter maior agilidade em uma série de aspectos, e uma delas é o compartilhamento de dados, que fica mais eficiente.

Dessa maneira, os colaboradores conseguem acessar as informações que precisam com muito mais facilidade e rapidez, melhorando a organização e aumentando a produtividade da equipe. A tecnologia de armazenamento em nuvem permite o acesso a dados de qualquer lugar, desde que se tenha conexão com a internet.

 

Portanto, se você quer adotar a transformação digital na sua empresa para ter todos esses benefícios, a Senior Noroeste Paulista pode ajudar. Temos soluções que adicionam tecnologia no seu negócio e promovem um crescimento mais ágil e veloz, potencializando seus resultados.

Não perca mais tempo e venha conhecer nossas soluções para encontrar a que mais se encaixa nas suas necessidades!

NOSSAS POSTAGENS


 

 

 

BLOG / NOTÍCIAS > Tag: Gestão

 

Entenda o que é MRP e quais são os benefícios para a indústria


Caso você ainda não saiba o que é MRP (Manufacturing Resource Planning, ou Planejamento de Recursos de Manufatura, em português), chegou a hora de entender do que se trata e, principalmente, entender quais são as vantagens de adotá-lo na sua empresa. Todo negócio busca alternativas para otimizar seus processos, ter mais produtividade e, como consequência, também aumentar seus lucros.

Nesse sentido, o planejamento é essencial para manter a saúde do seu negócio, tanto em aspectos financeiros, quanto contábil e logístico.

Existem dados que mostram que até 60% das empresas fecham as portas no Brasil após 5 anos no mercado. Isso se deve, em grande parte, por uma gestão inadequada e que não investe em recursos que melhorem o setor produtivo.

Dito isso, venha entender o que é MRP e quais são os benefícios de adotar esse conceito.

 

O que é MRP?

O conceito de MRP começou a ser difundido ainda na década de 1960, um pouco depois do fim da Segunda Guerra Mundial. Desde então, o sistema vem sendo trabalhado em indústrias de todo o mundo — afinal, de lá para cá, muita coisa mudou e a tecnologia avançou como nunca.

O MRP pode ser definido como Manufacturing Resource Planning ou Material Requirements Planning — que significa “Planejamento de Recursos de Manufatura” e “Planejamento das Necessidades de Material” — e é um modelo de contabilização.

Dessa forma, há uma base de cálculos que são usados para medir indicadores industriais, como a quantidade de matéria-prima necessária para determinada atividade, a capacidade de trabalho de uma máquina, dentre outros usos. Com isso, é possível prever e otimizar processos, uma vez que a contagem ajuda a saber quantidades mais precisas e evitam desperdícios (e prejuízos) — na indústria.

Portanto, as indústrias utilizam essa ferramenta para elencar materiais necessários na cadeia produtiva, calcular quantidades, em quais etapas os materiais são alocados e outros aspectos relacionados ao planejamento.

 

Como o MRP pode ser integrado ao ERP?

O sistema ERP significa Enterprise Resource Planning, que reúne informações que facilitam processos dentro da indústria. Por ter um banco de dados comum, todas as informações contidas nele podem ser acessadas pelos diversos setores dentro da empresa. Por isso, existem semelhanças entre o ERP e o MRP.

Contudo, esses sistemas podem ser integrados para que trabalhem em conjunto. Quanto mais os sistemas ERP se desenvolvem, mais eles se afastam dos processos de fabricação — uma vez que abrange áreas como contabilidade, recursos humanos, cadeia de suprimentos e até mesmo o setor de marketing.

Desse modo, integrar o MRP com todo o seu detalhamento sobre a necessidade de materiais ao ERP faz com que as informações industriais sejam mais completas. Em outras palavras, o MRP tem foco na fabricação (estoques, armazenagem, pedidos, prazos, etc) e o ERP se concentra em atividades de gerenciamento do negócio.

A partir disso, é possível criar um fluxo de dados com a integração dos dois sistemas, o que organiza e fornece informações para todos os departamentos da empresa e agiliza o gerenciamento. Além disso, otimiza a produção por conta do banco de dados centralizado e deixa a fábrica mais enxuta.

 

Quais os benefícios dessa ferramenta para as empresas?

Assim como a utilização de outras ferramentas de gestão, o MRP apresenta uma série de benefícios para a indústria. A implementação eleva o nível de eficiência e as operações envolvidas na fabricação são mais ágeis.

Então, conheça quais são as vantagens do MRP na indústria.

Planejamento mais estratégico

O funcionamento de qualquer empreendimento depende muito do planejamento que foi traçado e de como a gestão é feita. Nesse contexto de manter tudo em ordem, o MRP assegura às empresas a terem um planejamento de produção mais estratégico e apurado.

Isso é possível porque o sistema pode ser atualizado em tempo real. Ou seja, os dados são inseridos e automaticamente todos os usuários já conferem a mudança. Dessa maneira, observa-se ocorrências nas linhas produtivas, faz-se a gestão de estoque e a organização consegue ter uma visão mais ampla de toda cadeia de produção.

Como resultado, qualquer mudança ou interferência é notada e corrigida antes que se sucedam outros problemas. O MRP permite que gestores e trabalhadores percebam as urgências da fábrica e busquem soluções a tempo, antes de provocar qualquer tipo de atraso na produção.

Diminuição de atrasos

A capacidade de processamento de dados do MRP é bastante elevada. Portanto, o sistema calcula tempo, necessidades de materiais e outras estruturas complexas de diferentes níveis com máxima rapidez — sobretudo em comparação com sistemas antigos, como é o caso das antigas planilhas que os dados eram inseridos e atualizadas manualmente.

O tempo gasto com atualizações, envios de informações de um setor para o outro e outros tipos de demandas consomem minutos preciosos na indústria. Diante disso, o MRP serve para otimizar e melhorar a comunicação, em que todos os envolvidos conseguem visualizar as demandas, tempo de cada etapa, desempenho de produção e outras informações relevantes.

Assim que identifica uma falha, o gestor já consegue direcionar pessoal e recursos para solucionar a questão. As ações imediatas fazem com que tudo se mantenha em constante movimento e há uma considerável diminuição dos atrasos em decorrência de uma comunicação ineficaz — além de manter um padrão de qualidade mais elevado.

Investimento enxuto

O setor industrial costuma trabalhar com demandas altas, o que torna as fábricas locais mais instáveis em relação a erros. Uma simples falha pode gerar prejuízos altos e a necessidade de refação.

Por outro lado, com um sistema MRP os cálculos são realizados com maior precisão e os recursos são alocados voltados para compra de matérias-primas, componentes e outras ferramentas úteis. Além disso, também são geradas ordens de produção, solicitação de compras e outros aspectos que envolvem uma gestão mais eficiente das ordens de compras e produção.

Considerando todos esses fatores, o MRP analisa o BOM (Bill of Materials) e demonstra a previsão da produção, tornando o processo claro e o investimento mais enxuto.

Maximização do uso de recursos

Assim como os investimentos são mais enxutos, o orçamento também é otimizado por meio da maximização do uso de recursos. O sequenciamento das ordens, fluxos de consumo, cálculos sobre o estoque e reposição de produtos e mercadorias e lead time de entregas também são fatores importantes que sofrem os impactos da utilização do MRP.

Muitas indústrias ainda têm dúvida sobre o que é MRP e como ele pode ser usado para melhorar os processos.

 

Agora, você já sabe que o sistema garante maior eficiência e é fundamental para a gestão no setor industrial.

Para finalizar, o que acha de ver algumas dicas para reduzir gastos na sua empresa? Veja 8 dicas de redução de custos!

NOSSAS POSTAGENS


 

 

 

BLOG / NOTÍCIAS > Tag: Gestão

 

4 motivos para fazer a gestão de armazenagem na sua empresa


Deixar de aproveitar o espaço corretamente ou cometer erros na gestão de armazenagem pode causar prejuízos para a empresa. Em uma área competitiva, que requer eficiência e agilidade, é fundamental que o gestor esteja atento a soluções que ajudem a minimizar os custos e otimizar o fluxo de trabalho.

Por esse motivo, preparamos este conteúdo para demonstrar a importância da execução desse processo e te contar alguns motivos para colocar esse processo em prática. Continue lendo para saber mais sobre o assunto!

1. Ajuda a equilibrar a sazonalidade

Hoje, informação é tão importante quanto o capital financeiro, inclusive muitas vezes, o uso correto dos dados coletados faz toda a diferença sobre a lucratividade. Nesse cenário, a gestão do processo de armazenagem é um dos diferenciais no processo de previsão da demanda.

Como a capacidade de atender os clientes é influenciada pela sazonalidade, os gestores devem contar com ferramentas para estimar a demanda com precisão. Isso ajuda a garantir que os clientes sejam atendidos e evita a ruptura de estoque.

 

2. Reduz o índice de perdas

O processo de perdas é uma ocorrência comum nas empresas. Seja por causa da expiração de produtos perecíveis ou devido a avarias e é fundamental minimizar esse problema.

Esse objetivo é atingido por meio da melhoria do controle dos itens em estoque e da organização do espaço do depósito. Vale lembrar que esse processo deve ser conduzido por meio de uma análise estratégica da armazenagem e das decisões de alocação.

 

3. Otimiza o processo de compras

A modernização do processo de compras depende da forma como o armazém gerencia os insumos e produtos sob sua responsabilidade. Além da movimentação de materiais, o gestor de armazém também participa do fluxo de informações.

Com isso, o setor de suprimentos pode planejar a necessidade de abastecimento com base no giro de estoque. Isso também ajuda a determinar quais itens não têm tanta procura e poderiam ficar parados.

Ao reduzir o nível de estoque desses produtos, não é preciso imobilizar o capital e esses recursos podem ser aplicados em outras áreas.

 

4. Fornece informações para a avaliação de desempenho empresarial

Indicadores de desempenho são ferramentas essenciais para a gestão de empresas de todos os portes e ramos de atuação. A sua aplicação na gestão de armazenagem é essencial para garantir o sucesso da operação em todas as etapas.

Por esse motivo, valorizamos esse recurso para identificar gargalos e erros, rever processos ineficientes e melhorar os resultados da rotina como um todo. Esse é um aspecto que ajuda a melhorar os resultados de toda a cadeia de suprimentos e impacta positivamente na experiência do cliente.

Há inúmeros riscos associados à falta de controles relacionados à gestão de armazenagem. Além do impacto financeiro, há uma grande preocupação quanto aos objetivos organizacionais e oportunidades de crescimento.

 

O desperdício e as perdas no estoque são problemas que podem ser solucionados por meio da implantação de boas práticas desse processo.

Se a sua empresa precisa de apoio para reformular as atividades de gerenciamento de estoque, nós temos a solução que você precisa. Entre em contato conosco para conhecer as nossas soluções.

NOSSAS POSTAGENS